Resenha: Estilhaça-me, Tahereh Mafi

Estilhaça-me
Estilhaça-me #01
Tahereh Mafi
Skoob
★★☆☆☆

Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

Esse livro foi sem dúvida uma viagem. Eu nem sei por onde começar essa resenha, sinceramente, porque Estilhaça-me me deixou meio estupefata. E infelizmente não foi por ser bom. E nem mesmo por ser ruim. Estilhaça-me  foi… uma experiência singular.

Ou seja, o livro foi bizarro. Muito bizarro.
Continuar lendo

Anúncios

Resenha: A Quinta Onda, Rick Yancey

A Quinta Onda
A Quinta Onda #1
Rick Yancey
Skoob
★★☆☆☆

Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram. Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém. Agora inicia-se A QUINTA ONDA. No alvorecer da quinta onda, em um trecho isolado da rodovia, Cassie foge deles. Os seres que parecem humanos, que andam pelo campo matando qualquer um. Que dispersaram os últimos sobreviventes da Terra. Cassie acredita que, estar sozinho é estar vivo, até que conhece Evan Walker. Sedutor e misterioso, Evan Walker pode ser a única esperança de Cassie para resgatar seu irmão — ou até a si mesma. Mas Cassie deve escolher entre a esperança e o desespero, entre a rebeldia e a entrega, entre a vida e a morte. Entre desistir ou contra atacar.

Eu tive alguns problemas com esse livro, mas o que mais me incomodou foi um bem simples: eu fiquei entediada. Realmente entediada.

Continuar lendo