Resenha: A Batalha do Labirinto, Rick Riordan

A Batalha do Labirinto
Percy Jackson e os Olimpianos #04
Rick Riordan
Skoob
★★★½

O Monte Olimpo está em perigo. Cronos, o perverso titã que foi destronado e feito em pedaços pelos doze deuses olimpianos, prepara um retorno triunfal. O primeiro passo de suas tropas será atacar e destruir o campo de treinamento dos heróis, filhos de deuses com mortais, que desde a Grécia Antiga combatem na linha de frente em defesa dos olimpianos. Para assegurar que esse refúgio de semideuses – o Acampamento Meio-Sangue – não seja invadido, Percy Jackson e um jovem ciclope, ambos filhos de Poseidon, Annabeth Chase, filha de Atena, e Grover, um sátiro, são destacados para uma importante missão – deter as forças de Cronos antes que se aproximem do acampamento. Para isso, será preciso sobreviver ao emaranhado de corredores do temido Labirinto de Dédalo – um interminável universo subterrâneo que, a cada curva, revela as mais aterrorizantes surpresas.

A Batalha do Labirinto, pra mim, só perde para O Último Olimpiano nessa primeira série de Riordan. Gostei muito de como ele adaptou a ideia do labirinto de Dédalo para o mundo atual, e gostei ainda mais do que realmente acontece dentro dele (o encontro com a Esfinge e com Janus, por exemplo), mas em especial gostei muito da presença de Rachel, uma mortal, e do papel que ela tem na série. É bom ver que mortais também podem fazer a diferença e não apenas ficar gritando de um lado para outro quando algo sobrenatural acontece.

Algumas coisas me irritaram nesse livro, porém, principalmente a Annabeth. Eu a adoro, mas o ciúme bestinha dela por causa de qualquer interação com do Percy com a Rachel me fez revirar os olhos. Na maior parte do tempo Percy e Rachel sequer fazem nada vagamente suspeito, mas ela fica emburrada e é grossa com a garota mesmo assim. E em momento nenhum realmente se cria alguma dúvida sobre com quem o Percy vai ficar, o que por um lado é ótimo já que eu odeio triângulos amorosos, mas que por outro faz a Annabeth ficar ainda mais irriante. Desgruda, garota, pelo amor de Deus.

O final também ficou um tanto corrido, mas nada grave. Gostei bastante do Nico e do Percy nesse livro (novidade), e gostei muito da Calipso e até mesmo da Juniper. Enfim, 3.5 estrelas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s